Economia de Água X Dengue – Parte 3

O número de casos de dengue mais que dobrou em todo o país. Do começo deste ano até meados de fevereiro foram registrados mais de 100.000 casos. No mesmo período do ano passado foram cerca de 46.500 sendo que as piores regiões em número de casos são o Sudeste e o Centro-Oeste.

Um dos principais motivos para esta elevação nas ocorrências pode estar relacionado ao hábito de moradores em acumular água em recipientes dentro de casa a fim de se prevenir contra cortes no fornecimento.

O descuido ao guardar a água em casa tem aumentado o número de criadouros de mosquito. Ao acumular água em recipientes o morador deve tomar medidas preventivas cabíveis.

Nesta época de crise de abastecimento, as saídas caseiras podem ser uma opção para o dia a dia de muitas famílias, mas também está causando preocupação. A água limpa, parada e a céu aberto nos reservatórios improvisados é tudo o que o aedes aegypti precisa para proliferar.

Muita gente usa um plástico para proteger a água armazenada, mas segundo os especialistas, este cuidado não é suficiente, porque ele não fecha completamente o balde. Pode ser que o mosquito ache um espaço para entrar e botar os ovos dentro dos recipientes.

O ideal é usar recipientes adequados, preferencialmente com tampa ou passar uma fita adesiva em volta do plástico para vedar o recipiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *