Como prevenir o Aedes aegypti através da limpeza

O Mosquito

O Aedes aegypti  é o mosquito transmissor da dengue, da febre amarela urbana e também transmite chikungunya e o vírus zika.

Menor do que os mosquitos comuns, é preto com listras brancas no tronco, na cabeça e nas pernas.

Suas asas são translúcidas e o ruído que produzem é praticamente inaudível ao ser humano.

Em média, cada mosquito vive em torno de 30 dias e a fêmea chega a colocar até 200 ovos, que poderão transmitir a doença.

Os ovos não são postos na água, milímetros acima de sua superfície, principalmente em recipientes artificiais.

Quando chove, o nível da água sobe, entra em contato com os ovos que eclodem em pouco menos de 30 minutos.

Em um período que varia entre sete e nove dias, a larva dará origem a um novo mosquito.

O mosquito pode, também, se criar em alguns eletrodomésticos que acumulam água, como reservatórios de climatizadores, de geladeiras, etc.

Como Prevenir

Alguns cuidados devem ser tomados.

Em menos de 15 minutos é possível fazer uma varredura no seu ambiente e acabar com os recipientes com água parada – ambiente propício para procriação do Aedes aegypti. Veja as principais orientações:

Para dentro de casa:

  • Tampe os tonéis e caixas d’água;
  • Mantenha as calhas sempre limpas;
  • Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
  • Mantenha lixeiras bem tampadas;
  • Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
  • Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
  • Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
  • Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.

Para as áreas externas:

  • Cubra e realize manutenção periódica de áreas de piscinas e de hidromassagem;
  • Limpe ralos e canaletas externas;
  • Atenção com bromélia, babosa e outras plantas que podem acumular água;
  • Deixe lonas usadas para cobrir objetos bem esticadas, para evitar formação de poças d’água;
  • Verifique instalações de salão de festas, banheiros e copa.

É importante estar sempre atendo e verificando semanalmente. Um cronograma de limpeza e acompanhamento ajuda bastante a reduzir o risco de contaminação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *